Citando Citações é uma postagem semanal que da destaque a um ou mais trechos de determinado livro.

Olá, pessoal
Tudo bem?

Até então, li três livros do John Green e ainda não postei resenha e nem frases de nenhum deles. Mas isto está prestes a mudar, caros amiguinhos. As frases de hoje no Citando Citações são do livro O Teorema Katherine, do querido João Verde.




Eu serei esquecido, mas as histórias ficarão. Então, nós todos somos importantes - talvez menos do que muito, mas sempre mais do que nada.

Qual é o sentido de estar vivo se você nem ao menos tenta fazer algo extraordinário? Que estranho acreditar que um Deus lhe deu a vida e, ao mesmo tempo, achar que a vida não espera de você nada mais que ficar vendo TV.

Eu não acho que seja possível preencher um espaço vazio com aquilo que você perdeu. Não acho que nossos pedaços perdidos caibam mais dentro da gente depois que eles se perdem. Agora foi a minha ficha que caiu: se eu de alguma forma a tivesse de volta, ela não encheria o buraco que a perda dela deixou.

É possível amar muito alguém, ele pensou. Mas o tamanho do seu amor por uma pessoa nunca vai ser páreo para o tamanho da saudade que você vai sentir dela.

Cair na  estrada - isso é algo capaz de resolver um número surpreendente de problemas. 

Havia espaço suficiente para ser qualquer pessoa – qualquer uma, exceto a que ele já fora, porque se tinha uma coisa que Colin tinha aprendido, era que não se pode impedir o futuro de acontecer. E pela primeira vez na vida, Colin sorriu pensando no futuro infinito que se descortinava à sua frente. 

...talvez eu queira que as pessoas que não me conhecem me achem maneiro, já que, quem conhece, não acha.

Prodígios conseguem aprender rapidamente o que outras pessoas inventaram; gênios descobrem o que ninguém descobriu. Prodígios aprendem; gênios realizam. A maioria das crianças prodígio não se torna um gênio na idade adulta. Colin tinha quase certeza de que fazia parte dessa maioria desafortunada.


Não se esqueça de deixar um comentário dizendo o que achou das frases.

E se você gostou desta postagem, veja também as anteriores: 


Beijos
Lu

Siga o blog nas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram | Google+

Artigos relacionados:




Quote da Semana

"Somos todos estranhos de um jeito diferente, e isso é normal. E mesmo que exista muita coisa que eu não possa dizer para eles, é bom me sentir parte de um grupo." (Cartas de Amor aos Mortos - Ava Dellaira)

5 comentários:

  1. Li esse livro por causa do John, mas nao gostei muuito assim, mas gostei em ler para conhecer o mundo da história hehe a capa é fofa >< gostei de sua resenha!!
    Beeijos - Doce Literário ^_^
    http://doceliterario.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  2. Por enquanto só li um livro do John, o "ACEDE", mas já estou bem curiosa com relação ao "O Teorema Katherine"! Adorei os quotes e gosto bastante da premissa da história, tenho certeza de que irei me afeiçoar aos personagens e, considerando que já tenho o livro, não devo demorar para conferi-lo! Adorei o post (: Bjs
    Jéssica - http://lereincrivel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Lu!

    Li esse livro já faz um tempão, e talvez tenha sido o que menos me agradou do autor. Não lembrava bem dos quotes, mas ao ler seu post me deu uma vontadezinha de reler o livro! Quem sabe eu não tenha outra visão dele, né?!

    Aguardo suas resenhas do Green!
    Beijos,
    Ana - Poesia Destilada

    Blog| Loja

    ResponderExcluir
  4. Amo esse livro. Já li todos os livros do autor, faltando apenas Will & Will. E "O Teorema Katherine" é o meu preferido do John Green.
    Beijos
    Tão doce e tão amarga.



    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Não deixe de comentar...

Topo