Entrevista: Marina Avila e o processo de criação das capas de livros

Olá pessoal. Tudo bem?

O post de hoje é bem interessante e ótimo para quem, assim como eu, sempre teve curiosidade de conhecer um pouco mais sobre a criação das capas dos nossos amados livros.

A capista Marina Avila, cedeu uma entrevista ao blog onde, em resposta a onze questões (minhas e de blogs parceiros), conta detalhes a respeito do processo de criação das capas de livros. E nos transmite um pouco de todo o seu vasto conhecimento sobre o assunto.

Vamos conferir?



ENTREVISTA - MARINA AVILA


1) Quais são as possíveis formações para o profissional que deseja se tornar um capista? O mercado de trabalho é amplo?
Marina: Primeiramente, obrigada pela oportunidade de explicar um pouco mais sobre o trabalho de capista de livros! 
Acredito que a melhor formação seja a que eu tive: Produção Editorial. É ainda mais específica que Design Gráfico porque uma capa de livro é, explicando por alto, a melhor publicidade de um livro. Para a gente conseguir oferecer um produto que interesse aos leitores, é mais importante conhecer o mercado e depois aprender as técnicas de design. 
O mercado está bem fechado, na verdade, para apenas alguns capistas trabalhando exclusivamente com isso. Acredito que, para seguir esta carreira, é importante também formar-se e trabalhar no melhor portfolio possível. 


2) Um bom engenheiro precisa se relacionar bem com números. Um bom psicólogo deve saber ouvir. Para ser um bom capista, o profissional deve...
Marina: Deve conhecer o mercado literário e ter uma boa noção dos programas de edição de imagens. A capa de um livro é bem focada no marketing, então é imprescindível estar sempre atualizado nas tendências dos best-sellers e compreender o que o leitor está buscando.


3) Você cria as capas a partir dos nomes dos livros ou da história?
Marina: Os dois. Os autores e editores enviam um briefing, que é um formulário contendo vários dados sobre o livro (inclusive spoilers... fico sabendo quem vai virar lobisomem no final do livro antes de todo mundo! hahah) e geralmente também indicam imagens que se relacionem com a história para auxiliar na criação do “clima” da capa.


4) A decisão do tipo e textura da capa (se emborrachada, lisa, espelhada...) é feita por você, pelo autor ou por ambos?
Marina: Geralmente o próprio autor decide, embora eu ofereça algumas ideias. Algumas cores se relacionam melhor com o acabamento fosco (que seria o emborrachado), e outras ficam mais vivas no brilhante (que é o liso).


5) As suas capas são lindas! Como você se inspira para criar as capas mais sombrias como por exemplo: ''O Entregador de Bonecas'' , ''Sangue e Chocolate'' e ''Os Sete Selos''? Você lê os livros antes?
Marina: Obrigada! Capas sombrias são minhas preferidas. Eu geralmente leio uma sinopse bem completa para compreender a história e os personagens. Procuro sempre muitas, muitas imagens antes de enviar os modelos. Nessa busca são encontradas, às vezes, preciosidades dark como estas.



6) Quais foram as capas mais difíceis de criar? E qual é a sua preferida?
Marina: Uma das mais difíceis é também minha preferida: A Floresta de Mãos e Dentes. Demorou dois meses para ficar pronta. O pedido da editora foi que a capa brasileira ficasse melhor que a dos outros países, inclusive a americana e a alemã, que são as mais conhecidas. Então, apesar de ter sido um desafio, fiquei extremamente satisfeita com o resultado. Algumas capas saem exatamente como o que tenho em mente e esta foi uma delas.




7) Existe diferença entre trabalhar para autores estrangeiros e nacionais?
Marina: Bastante. Os autores estrangeiros, em sua maioria, apenas veem a capa quando ela já está pronta e aprovada pela editora. Eles me retornam apenas dizendo se gostaram, se era isso mesmo que pensavam etc. Autores brasileiros, como os livros são como seus bebês, se preocupam mais e dão mais ideias sobre o projeto. Sai mais ao gosto deles.



8) O autor participa na criação das capas, ou é criada totalmente por você?
Marina: Cada projeto é diferente. Alguns autores gostam de dar ideias e dizer o que esperam da capa, escolhem imagens etc. Outros apenas passam as informações e esperam os modelos para escolher. Quando o autor dá ideias muito malucas, que não vão ficar boas numa capa, costumo dar uma opinião muito sincera. Há não muito tempo aprendi que um autor feliz é um autor vendendo bem seus livros, então a felicidade de ter a capa exatamente como ele deseja, mesmo que isso prejudique as vendas, é uma felicidade a curtíssimo prazo. E eu gosto de ver meus clientes felizes a longo prazo! Haha. Mas a maioria dos autores tem muito bom gosto e sensibilidade para aprovar imagens, então as coisas são mais tranquilas!


9) Qual a capa que você olha e pensa "poxa, como queria ter criado essa capa"?
Marina: A Bússola de Ouro. É a capa que me inspirou a seguir com este trabalho.


10) O processo de criação demora quanto tempo?
Marina: Às vezes 1 dia, às vezes 2 meses. Se o autor/editora possui lançamento marcado é mais rápido, mas se me deixam com o tempo livre, testo ideias até esgotar todas as melhores possibilidades. Até todo mundo ficar feliz!


11) Qual seria o recado para quem deseja se tornar um capista?
Marina: Estude. Forme-se. A profissão de capista de livros é como qualquer outra e você precisa ser o melhor profissional possível para conseguir um bom espaço. Conhecer Photoshop é bom, mas não é o suficiente.
Após formar-se, teste novas técnicas refazendo edições de livros famosos e apenas ofereça seus serviços após ter certeza que pode ajudar seu cliente a receber de volta por todo o trabalho que teve ao escrever o livro. ;D
Sou muito fã do profissionalismo em qualquer área. Sendo um bom profissional, dedicado, paciente e entendendo o mercado, o sucesso é garantido!

Marina Avila criou capas para livros de grandes editoras, dentre elas: Novo Conceito, Leya e Gutemberg. Se você deseja conhecer mais sobre o maravilhoso trabalho da capista, visite o site onde ela apresenta um extenso e admirável portfólio.

Agradeço imensamente à Marina que, com toda a simpatia e atenção, gentilmente se disponibilizou a responder as questões. E agradeço também a participação dos blogs parceiros: Dreams in Books (Questão 4), Overdose Literária (Questões 5, 6 e 7) e A Culpa é dos Leitores (Questões 8, 9 e 10). Muito obrigada a todos!

Um grande beijo.
Lu


Artigos relacionados:




Quote da Semana

"Somos todos estranhos de um jeito diferente, e isso é normal. E mesmo que exista muita coisa que eu não possa dizer para eles, é bom me sentir parte de um grupo." (Cartas de Amor aos Mortos - Ava Dellaira)

6 comentários:

  1. Lu amei a entrevista!
    As capas que ela faz são um LUXO, lindas, Lindas!!! Apaixonada =)
    Ela tem uma imaginação incrível rsrs

    Beijos!
    http://aculpaedosleitores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Lu!
    Entrevista super bacana!
    De fato, ela faz umas capas muito bonitas!
    =D

    http://osdragoesdefogo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Que legal *---* Posso dizer que fiquei com muita vontade de ler vários livros somente por conta da capa agora hahahha E olhei o portfólio e tem muito livro que ela fez a capa e tinha ficado a fim de comprar e tinha achado a capa linda *--* Pena que só foram 11 perguntas Y.Y

    http://horadaleitur.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Amei essa ideia de entrevistar uma capista. Aliás, que capista hein, as capas que ela cria são perfeitas.
    Beijos
    aculpaedosleitores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Poxa, adorei a entrevista! Não conhecia essa profissão... na verdade, achei que um designer gráfico quem criava essas capas.
    A Marina faz um trabalho excelente e as capas que ela cria são perfeitas. Eu, como leitora, quase sempre compro um livro pela capa e com TODA certeza compraria os livros com as capas que ela fez sem nem ler a sinopse!

    Beijokas,
    http://minhacontracapa.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Adorei a entrevista... As capas são realmente lindas e com certeza fazem muita diferença na hora de escolher o livro... Muitas vezes nos deixamos levar pela capa...

    beijos
    colecionando livros

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Não deixe de comentar...

Topo