Gosta de suspense? Leia este livro! Garota Exemplar é composto por muito suspense!

Eu mal podia esperar pelo momento em que daria nota cinco para este livro. Mas infelizmente, dentre tantos finais incríveis que essa história genial permitia que fossem criados, a autora escolheu um que não agradou tanto, ainda que seja provável e um tanto chocante.

Título: Garota Exemplar
Título Original: Gone Girl
Autora: Gillian Flynn
Nº de Páginas: 448
Editora: Intrínseca
Ano: 2013
Avaliação: 4/5




Resenha: O livro é intercalado entre capítulos narrados por Nick e capítulos narrados por Amy, através de registros em diário, onde ela descreve seus dias desde que conhecera Nick até "O Dia Do".
Conhecer os dois lados da história faz com que o leitor, inevitavelmente crie suas próprias teorias sobre o que aconteceu com Amy.  *Eu criei várias teorias. Todas erradas. E achei ótimo porque eu adoro ser surpreendida ao longo da história.*

Nick e Amy Dunne viviam e trabalhavam em Nova York. Ele, jornalista, e ela uma psicóloga que escrevia testes para revistas. Os dois acabaram perdendo seus empregos mas a situação financeira não se complicou totalmente porque Amy dispunha da fortuna que seus pais, Rand e Merybeth, construíram após escreverem juntos a famosa série de livros infantis "Amy Exemplar", que contava com uma protagonista de aparência e atitudes perfeitas.

Após receber uma ligação em que sua irmã gêmea "Go", indiretamente se queixa por ter de tomar conta sozinha, dos pais doentes, Nick entende que precisa ajudá-la e toma a decisão de que ele e Amy devem mudar-se para North Carthage, sua cidade natal.

Durante a infância e a adolescência, Nick raramente viu amor entre os pais. O pai, um sujeito hostil que nunca demonstrara amor pela família, os atacava verbalmente e se vangloriava por nunca ter batido na esposa apesar de frequentemente jogar objetos em sua direção. A coisa que Nick mais teme é se tornar uma versão do pai e isso claramente afetou sua personalidade.

Nick é uma incógnita e durante a leitura eu me vi em uma relação de amor e ódio com ele. É muito fácil odiá-lo principalmente porque ele tem atitudes realmente imbecis, do início ao fim.. Ele evita demonstrar seus sentimentos, principalmente se forem negativos. Aparentemente está sempre de bem com a vida mesmo que, por dentro seu mundo esteja desmoronando. Mas algumas vezes o mundo interno e conturbado de Nick transborda e nesses momentos, ele explode em atitudes e palavras agressivas, que nem parecem vir do sempre otimista Nick. É quando conhecemos seu lado obscuro. Ele tem um sorriso sombrio que surge nos momentos mais inadequados. Mas eu não to falando do "sorriso sombrio sexy", eu to falando do sombrio mesmo. Do tipo Supernatural, onde o olhar escurece.


"Então lá veio ele, do nada, enquanto Rand esperava pela volta da filha: um sorriso assassino." p.77
Viu?

Este é um livro que prende a atenção e a tensão é predominante. Quando o mistério envolvendo o desaparecimento de Amy chega ao fim, você continua apreensivo para saber qual será o desfecho. A história é bastante complexa e envolve situações e atitudes inesperadas.

A mensagem deste livro é clara: ninguém conhece ninguém. Todos nós agimos de maneiras diferentes o tempo todo. Entre familiares, entre amigos, sozinhos...não somos os mesmos em todos os ambientes que frequentamos. Não somos sempre 100% transparentes, todos nós carregamos pelo menos um fato oculto sobre nossas personalidades e isso, inclusive, faz parte do instinto defensivo do ser humano. Algumas pessoas são realmente irreconhecíveis porque possuem várias "faces" e você nunca descobrirá qual delas está sendo utilizada no momento. Este é um dos fatores que complicam um casamento. Não importa se você namorou vinte anos antes de se casar. Não importa! É estranho admitir mas você não conhece verdadeiramente a pessoa que está ao seu lado. E é por isso que, algumas vezes, o casamento mata.




Valeu muito a pena participar do Book Tour que foi organizado pela Bia e pela Taty, do blog 



Confira os blogs que também estão participando deste Book Tour:



Beijos e até mais. 

Artigos relacionados:




Quote da Semana

"Somos todos estranhos de um jeito diferente, e isso é normal. E mesmo que exista muita coisa que eu não possa dizer para eles, é bom me sentir parte de um grupo." (Cartas de Amor aos Mortos - Ava Dellaira)

3 comentários:

  1. Ameeeeiiiiiii sua resenha!
    Vejo que temos a mesma opinião sobre o livro. Não gostei do final, pelo desenrolar do livro imaginei um final impactante. Esse livro tinha tudo para ter de mim 5 estrelas, mais levou apenas 4, Tudo por causa do final.
    Mas, O livro em si é ótimo, vale muito a pena ler. Ele é cheio de suspense, não consegui parar de ler até saber o desfecho que teriam a Amy e o Nick.
    Quero muito ver a adaptação nos cinemas, pensa que legal conhecer a Amy haha

    De que lado ficar, do lado da Amy ou do Nick?
    Eis a questão. Eu fico do lado do Nick, e você Luciana. ?

    Luciana minha Parceria Linda, muito obrigada por ter participado do Book Tour.
    Você não sabe o quanto eu fiquei feliz em ver essa resenha Maravilhosa e saber que você gostou da leitura.
    Beijos! <3

    ResponderExcluir
  2. Olá Lu!
    Já tem um tempinho que quero ler esse livro... Pro ano que vem ele já tá garantido. Haha
    Já sabia que o final deixa a desejar, mas não vou deixar isso me impedir de ler, pode deixar.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. Oi!! Assim como você, me surpreendi demais a cada capítulo do livro. O mais engraçado é que ele foi presente do meu marido. Certamente ele sequer leu a sinopse hahaha
    Mas diferente da sua opinião, a simplicidade implícita no final me deixou apaixonada pela autora. Acho que seria clichê demais qualquer outro final que ela escolhesse... Não sei, me surpreendeu de uma maneira super positiva, provando que nem sempre os mais esdrúxulos finais são os ideais.
    Mas concordo que é um estilo "ame ou odeie", já muitas opiniões controversas.
    Beijos

    Meu Meio Devaneio

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Não deixe de comentar...

Topo