Hellooo!! Como estão? :)

Hoje trago a resenha de um livro que eu estava curiosa pra ler.
Rico e Joana foi escrito pela autora parceira Maria Izabel.
Posso dizer que este livro será para você, assim como foi para mim, uma ótima surpresa literária!





Título: Rico e Joana em O Pirulito Assassino
Autora: Maria Izabel Gomes Silva
Nº de Páginas: 332
Editora: Isis
Ano: 2012
Nota:  4/5

Onde encontrar? AQUI.
Leia outras resenhas AQUI.







Resenha:

A história se passa na cidade de Quibeleza, capital do Estado do Será.
Ronald Coquinho é um empresário bem sucedido no ramo alimentício. Sua empresa, Las Cadentes, é uma famosa fábrica de rapaduras. Uma noite, o vigia da fábrica encontra as luzes da sala de Ronald acesas. Ele se encaminha até a sala, apaga as luzes e então é atingido por uma enorme pancada na nuca. Temos então, o primeiro assassinato e é nesta cena de crime que conhecemos o delegado Freitas e o detetive Rico. Ambos chegam à conclusão de que o assassino viera não para matar o vigia mas sim, o dono da empresa, Ronald Coquinho.

Com o início das investigações, iniciam-se também novos mistérios. Ronald Coquinho recebe um bilhete anônimo com uma linguagem um tanto bizarra e aí não nos resta mais dúvidas, Ronald era mesmo o alvo do assassino:

"Da próxima vez, eu não vou errar! Ahahaha! Ehehehe! Ihihihi! Ohohoho! Uhuhuh, seu cara de urubu!"

Em meio às investigações, Rico conhece Joana, filha de Ronald e, surge uma atração mútua à primeira vista.
Joana é uma jovem estudante de Direito. Ela resolve se envolver nas investigações e a partir daí surgem muitas passagens engraçadas entre ela e o Detetive Rico. Outros assassinatos ocorrem, todos de alguma forma, ligados a Ronald.

Somos apresentados também à Melissa e seu primo chato Arnoldo, ambos amigos de Joana.
Arnoldo é apaixonado por Joana e mesmo que não obtenha sucesso em suas investidas, ele não desiste de conquistá-la. Acontece que o Arnoldo é muito chato e grudento. Fiquei esperando o momento em que a Joana dissesse "Ei, Arnoldo, se toca!", mas esse momento não veio.

Em busca da resolução dos misteriosos assassinatos, Rico e Joana acabam entrando em muitas enrascadas, algumas vezes tão trágicas que chegam a ser cômicas. A autora contrapôs muito bem o humor em meio às cenas de suspense.

Quando você lê um livro ou vê um filme de suspense, você tenta o tempo inteiro adivinhar quem é o assassino mas no fundo, você quer ser surpreendido. É exatamente isto que você encontra neste livro. A verdadeira identidade do assassino é inesperada e nem tudo é o que parece ser. Vale a pena conferir e se surpreender. ;)


Personagem que mais gostei: É clichê mas é claro que meu escolhido foi o galã. Rico é muito inteligente. De vez em quando fala umas bobeiras, mas são coisas que tornam o livro ainda mais engraçado. Também gostei do sarcasmo utilizado na medida certa.

Personagem que menos gostei: Ah, que novidade! É o Arnoldo, claro! Gente, ele chama a Joana de bom-bocado, tapioquinha, cocadinha... É tanto doce que a gente enjoa só de falar.

Outras considerações:
- A autora utiliza bastante expressões do nordeste, o que é interessante para quem não é da região;
- Uma coisa que achei bem legal é que o narrador interage com o leitor. É como se ele estivesse conversando com você;
- As folhas do livro são brancas. Para quem não gosta, é uma desvantagem.



Bjs, Lu


Artigos relacionados:




Quote da Semana

"Somos todos estranhos de um jeito diferente, e isso é normal. E mesmo que exista muita coisa que eu não possa dizer para eles, é bom me sentir parte de um grupo." (Cartas de Amor aos Mortos - Ava Dellaira)

14 comentários:

  1. Oiiie!!!!
    Estou com este livro aqui e pretendo iniciar a leitura logo logo. Uma coisa que me desanimou foi a criação doida do nome da cidade. Quibeleza. Sério isso???
    Bom, estou vendo resenhas super positivas e estou louca para iniciar a ler o meu aqui.
    Ótima resenha e pelo visto vou odiar Arnoldo. Odeio aquele cara que não se manca das coisas e que é todo grudento.
    E por o livro ser engraçado, já contou com o meu coraçãozinho.
    Ótima resenha novamente, não conhecia o blog e vou começar a acompanha-lo de agora em diante.
    Beijos,
    Marcela.
    ocantinholiterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcela, já fique sabendo que nenhum dos nomes deste livro é comum. rs
      Eu também achei alguns nomes estranhos mas o segredo é não se deixar abalar por isso.
      A história tem esses pontos que o leitor se pega dizendo "Ahnn??", mas o enredo geral é bom.

      Agora sobre o Arnoldo, não posso te dar muitas esperanças. Ele é chato MESMO. Eu senti antipatia demaaaaaais por ele!!!

      Bjs

      Excluir
  2. Gostei bastante da resenha, talvez eu compre esse livro!
    Beijos

    http://i-love-we-love.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale a pena, Carol.
      É uma história bem legal com final inesperado.
      Beijoo

      Excluir
  3. Ah adoro um Bom suspense, não é atoa que comprei um monte de livro do Coben hihi*-*
    A história em si parece ser legal, você despertou minha curiosidade, fiquei com vontade de ler =)
    Adorei a resenha,
    Beijos, Taty Assis
    http://aculpaedosleitores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei tão focada no fato de voce ter lido a carta que esqueci de te dizer que eu adoro os livros do Coben *------* hahaha
      Obrigada, Taty. Leia, sim. Voce vai gostar. :)
      Bjss

      Excluir
  4. Gostos de livros desse gênero e esse me parece ser bem legal, ainda mais por ser brasileiro!
    Adorei a resenha!
    Beijos
    utopiaincessante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se voce gosta de livros desse gênero, voce vai adorar este!
      Não deixe de ler. Recomendo!
      Bjs

      Excluir
  5. Esse livro realmente é show!♥
    Abraços, do Fábio •
    www.rockteen92.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, oi!
    Antes de ler a resenha confesso que pensei se trata de uma história infantil. Mas estava enganada. Parece bem divertido. Eu leria ^^
    Bjss
    sete-viidas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olhando a capa, a pessoa pode até se enganar mas a verdade é que é uma história para todas as idades, sim. Recomendo a leitura, Monique.

      Bjs

      Excluir
  7. Olá Luciana, querida! Parabéns pela resenha! Gostei muito!
    Sucesso para seu lindo blog!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou, Izabel. *-*
      Parabéns também pelo livro. Tenho certeza que fará ainda mais sucesso do que já tem feito!
      Beijoo

      Excluir

Obrigada pela visita! Não deixe de comentar...

Topo