• [Chegou pra mim] Livros que recebi em julho.

  • Confira a resenha do livro A Vida do Livreiro A.J. Fikry.

  • Frases do livro O Teorema Katherine

  • [Capas Temáticas] Duas Metades

Título: A Elite (Volume II - A Seleção)
Título Original: The Elite
Autora: Kiera Cass
Nº de Páginas: 360
Editora: Seguinte
Nota: 3/5








Eu não considero as informações desta resenha como spoilers, mas em todo caso, se você odeia até mesmo a ideia de saber detalhes mínimos sobre qualquer história, é melhor não ler.

Quero dizer que esta resenha está bem espontânea, diferentemente das últimas que tenho escrito, que estão mais centradas (eu acho, né?), mas é que eu precisava desabafar!

Não gosto de séries/trilogias onde as personalidades dos personagens ficam instáveis de um livro para outro. E é exatamente isto que acontece aqui.

Em A Seleção, America era uma garota firme em seus propósitos e apesar de muito apaixonada por Aspen, se inscreve para a seleção ao acaso, tendo certeza de que não será escolhida. Essa America chegou ao palácio e não se deixou deslumbrar por toda a riqueza que a atingiu logo naquele primeiro instante. A única coisa que realmente fez America baixar a guarda foi a comida, o que é compreensível, já que as refeições em casa eram modestas e mal supriam as necessidades da família. 

Não que a personagem tenha me conquistado (porque no primeiro livro eu gostei mesmo foi do príncipe), mas neste segundo livro a personalidade de America teve uma decadência drástica e isso foi um baque pra mim porque ela se tornou tudo o que eu não gosto em protagonistas: confusa, indecisa, sem opinião própria e, ouso dizer, fútil.

De repente, o amor que America sente por Maxon pode se igualar ao amor que ela sente por Aspen

Ok, eu não fui com a cara do Aspen, porque ele veio com aquela ideia de que "não posso ficar com você, porque você é boa demais pra mim e eu não poderei te dar tudo que você merece! Oh", me poupe né? Mas mesmo assim, não era ele quem ela amava perdidamente? O príncipe era só uma ideia distante mas agora é páreo para Aspen? Coisa estranha...

Maxon...ah Maxon!! Eu te curti tanto no primeiro livro, cara! Como é que você me faz uma dessa? Como é que você sai pegando todas as meninas e depois chega na America e diz "oh, America, é você que eu quero, eu só estava experimentando as outras pra ver se elas podem te ofuscar, mas nenhuma delas é tão boa quanto você... ah, peraí que eu vou ali pegar a Celeste mais um pouquinho e já volto"...AIIII que ódio!

Isso porque ainda não mencionei sua omissão, Maxon, que te transforma num grande bundão (redundante). Pô, o cara não concorda com absolutamente nada que o pai dele (o rei) faz no poder. E o que ele faz? Entra mudo e sai calado. Vê gente sendo torturada por nada e não é capaz nem de dizer "ô pai, isso não ta certo hein...só acho". Não... ele fica lá, olhando tudo, com seu "maxilar retesado". Maxilar retesado resolve alguma coisa? NÃO, NÉ? Mas quem sabe umas boas verdades resolveriam! 

E daí que o pai dele é o rei? É justamente por isso que ele, sendo o filho e o próximo a liderar o país, deveria ao menos tentar se impor. Pelo menos é o que eu faço aqui em casa quando eu vejo que uma situação está caminhando para o penhasco. E olha que meu pai nem é rei, hein?

Ninguém ensinou para o Maxon que é melhor prevenir do que remediar, coitado. Tsc tsc.

Sabe...em certos momentos a autora faz com que o leitor odeie Maxon para logo em seguida amá-lo novamente, quando surgem explicações (que não explicam nada) sobre suas atitudes recentes. E isso também é irritante porque eu odeio quando um autor fica me influenciando a gostar e desgostar de um personagem. E é por isso que eu já não gosto mais do Maxon! E eu não gostava de ninguém desse livro. Só dele. E agora não gosto de mais ninguém. Pronto!

Sem contar que A Elite é uma enrolação só, né? Fala sério... o livro só melhora nas 100 páginas finais. E pra ajudar, eu vi um spoiler monstro de A Escolha! Não... eu nunca tinha lido spoiler dessa série. Agora, só porque eu to lendo, eu vi um spoiler logo do (até então) último livro! Ó céus!

Apesar de todos os pesares, considero o livro bonzinho porque ele cumpre o papel de dar continuidade à história iniciada em A Seleção, e as páginas finais trazem alguma emoção. No mais, foi meio decepcionante.


Beijos.
Lu
Olá, pessoal.
Convenhamos, eu estou sumida. Certo? Certo.
Mas também não podemos negar que sempre que eu apareço, trago ótimas novidades como os últimos sorteios de aniversário de blogs queridos, que vocês podem participar aqui e aqui.

Hoje também trago coisas boas, mas dessa vez não é sorteio e sim o aguardado resultado de um deles.



Quero agradecer a todos que participaram porque o número de inscrições ultrapassou a quaisquer estimativas que tínhamos. Novamente nós gostaríamos de poder presentear cada um com seus livros desejados mas como somos pobres, não rola. Então serão apenas dois ganhadores.


Ok, eu sei que eu enrolo demais e você já deve ter ido pro final ler o resultado e nem leu nada disso que eu estou falando aqui. Vamos ao que importa, vai.

** Alguns sorteados perderam o direito de garantir os livros pois não cumpriram as regras de participação. **

O primeiro sorteado, com todas as regras de participação em dia, foi...





A segunda pessoa sorteada foi...



Parabéns, Caroline e Vinícius!

Lembrando que por ser a primeira sorteada, a Caroline tem o direito de escolher os dois livros que deseja e os dois livros restantes serão do Vinícius.

Os e-mails com a solicitação dos dados de envio já foram enviados e os ganhadores terão três dias corridos para respondê-los. Caso não haja resposta, os blogs se reservam no direito de realizar um novo sorteio.


Mais uma vez, muito obrigada a todos que participaram. Vocês são demais!
Continuem participando das promoções vigentes aqui no blog. E que a sorte esteja a seu favor!

Beijos
Lu
Olá, pessoal! 

Hoje a estrela é o blog Mato por Livros que completa 01 aninho este mês (mais precisamente no dia 30).





Para comemorar, o blog e seus blogs amigos e parceiros se juntaram para realizar um super sorteio para vocês.

O sorteio será dividido em duas partes. A primeira começa hoje, dia 01, e vai até o dia 15 de outubro. E a segunda estará disponível do dia 16 ao dia 31. Ok?

São 25 livros e mimos para 5 ganhadores.

Então não deixem de participar, afinal a seleção de livros está de tirar o fôlego!




Confiram os kits:

KIT 01:

a Rafflecopter giveaway
KIT 02

 

KIT 3
a Rafflecopter giveaway


Participem, pessoinhas!

Esperamos que gostem do sorteio e dos lindos livros que foram escolhidos para vocês.

E não deixem de conferir a segunda parte depois do dia 16. ;)


Ah, que tal dar uma passadinha no Mato por Livros e parabenizá-los por esse primeiro ano de muitos outros que virão?


Boa sorte a todos! 

Bjs
Lu
Título: Ladrões de Sonhos (Vol. 2 - A Saga dos Corvos)
Título Original: The Dream Thieves
Autora: Maggie Stiefvater
Nº de Páginas: 434
Editora: Verus
Nota: 5/5









Eu tento me controlar mas quando o Prólogo de um livro é arrasador, não consigo esperar nada menos do que uma história arrasadora.


(essa foto ta péssima, né? rs)

A última frase de Os Garotos Corvos é de Ronan e é a deixa para a continuação da história, perfeitamente escrita em Ladrões de Sonhos.

No primeiro livro da Saga, fomos apresentados aos personagens principais e Gansey teve um destaque maior. Em Ladrões de Sonhos é a vez de explorar a personalidade de Ronan Lynch, o que faz com que Gansey e Blue, assim como Adam e Noah, passem momentaneamente para o rol de personagens secundários. Achei isso tão, mas tão perfeito! Porque nós já sabemos que eles não são meros coadjuvantes na história, mas apenas neste livro, onde dão licença para que Ronan se sobressaia. É muito melhor que a autora coloque alguns personagens momentaneamente em segundo plano, do que tentar colocar todos em primeiro plano e fazer uma tremenda confusão na história, assim como a Lauren Oliver fez em Réquiem

Enquanto Ronan fica cada vez mais transparente aos olhos do leitor, a busca por Glendower continua e os personagens continuam a descobrir os mistérios que envolvem a floresta encantada Cabeswater. Blue e Gansey estão se aproximando um pouco mais apesar de romance ainda não ser (e espero que não seja mesmo, apesar de ser bem bonitinho rs) o foco da Saga.

Antes, Gansey tinha controle sobre os outros três garotos corvos fazendo o papel de um líder mas após o sacrifício, as coisas mudaram. Ronan descobriu muito a respeito de seus sonhos e do legado deixado pelo pai; Adam está cada vez mais seguro de que pode agir por si só para conquistar seus objetivos, o que faz com que ele e Gansey tenham frequentes discussões.

Os Garotos Corvos traz Gansey em primeiro plano ao passo que divulga bastante detalhes sobre a vida de Ronan para então, dar continuidade à sua história neste segundo livro.
Ladrões de Sonhos é sobre Ronan mas Adam tem sua cota de destaque, o que me fez imaginar que o próximo livro será sobre ele. Estou tão ansiosa!! :)

O coitadinho do Noah nem aparece muito nesse livro mas existe um motivo para isso, então a autora está perdoada.
"A questão sobre Ronan Lynch, Adam havia descoberto, era que ele não gostava de -- ou não conseguia -- se expressar com palavras. Então cada emoção tinha de ser soletrada de alguma outra maneira. Um punho, um fogo, uma garrafa. (...) e ele precisava extravasar sozinho com seu corpo. Pela janela traseira, Adam viu Ronan pegar uma pedra no acostamento e jogá-la no mato."


Eu adorei cada um dos garotos corvos. As personalidades deles são atrativas de formas diferentes e Ronan já tinha prendido a minha atenção no primeiro livro por ter a mente mais perturbada dentre todos os outros, então Ladrões de Sonhos foi sensacional pra mim porque eu pude conhecer tudo a respeito do comportamento de Ronan; da origem da Motossera - o corvo de estimação - e também um pouco mais sobre a família Lynch.

É insensato dizer que o livro é ruim porque Ronan é o destaque (assim como vi pessoas dizerem). É quase inconcebível! O título da história tem a ver com ele; ele está na capa... então o que se pode esperar? A história dele é demais e tão intensa quanto (ou ainda mais) que a busca por Glendower ou que um iminente romance proibido.

Já disse e enfatizo: a escrita da autora é maravilhosa! Um bom autor sabe escolher suas palavras e nesse quesito, a Maggie  minha amiga dá um show!

A edição de Ladrões de Sonhos, assim como a edição de Os Garotos Corvos, é linda. O espaçamento e o tamanho das letras estão perfeitos.

O livro é de encantar. Daqueles que mesmo quando você acaba, fica lembrando dos personagens como se eles tivessem saído da história (ou dos seus sonhos) e estivessem ali com você o tempo todo.

Se você nunca tivesse visto as estrelas, velas seriam o suficiente.

Ladrões de Sonhos se tornou um dos meus livros favoritos!

----------------------------------------------------------------------------
Esta é uma postagem relacionada ao Desafio: Duelo de Titãs #04 .
----------------------------------------------------------------------------


Olá, pessoinhas
Tudo bem??

No Duelo de Titãs deste mês, os picolés pediram que, dentre outras provas (já concluídas), a Equipe mais-maravilhosa-do-universo Fire fizesse um Top 10 com os livros nacionais que mais gostaram.


Então aí está:


01 - Serial Killer - Illana Casoy



Esse livro tinha que ser o primeiro porque ele realmente é Top!

Em Serial Killer - Louco ou Cruel, Illana Casoy descreve com detalhes precisos os crimes e o modus operandi dos mais famosos Serial Killers do mundo.

Top dos tops!





02 - Dias Perfeitos - Raphael Montes


Dias Perfeitos é um livro que tive a oportunidade de ler por conta do blog, já que o recebi em parceria com a editora Companhia das Letras.

O livro foi uma ótima surpresa! Que livro macabro mais sensacional! Recomendo pra quem não sofre de frescurite aguda.



03 - Fugitivos - Carlos H. Barros



Também tive a oportunidade de ler Fugitivos através do blog e mais uma vez foi uma ótima surpresa.

Adoro a capa deste livro e ela foi a responsável por despertar certa expectativa em mim quanto à leitura. Expectativa essa que foi atingida.

Uma história muito humana, que apesar de também conter cenas fortes e proibidas para portadores de frescurite aguda, todos deveriam conhecer.



 04 - Estação Carandiru - Drauzio Varella



Estação Carandiru é uma boa leitura para quem tinha/tem curiosidade de saber sobre o que se passava por dentro dos portões do que já foi considerado o maior presídio da América Latina sem que para isso, fosse preciso cometer algum crime que o levasse para lá. rsrs








05 - A Última Carta do Tenente - William Douglas



A Última Carta do Tenente é um livro super curtinho, escrito pelo mestre em Concursos Públicos, William Douglas.

Mas o livro não tem nada a ver com concursos, tá gente?  Muito pelo contrário. Ele conta uma história bem triste porém, muito linda! É sobre um tenente (sério?) que, horas antes de morrer em alto mar por conta de um acidente que afunda o submarino em que ele navega, escreve uma carta, uma última carta para sua esposa.

É muito emocionante!


06 - Os Barcos de Papel - José Maviael Monteiro



O primeiro livro que li na vida! Não é lindo?

Eu tenho um carinho tão grande por esse livro, que conta a história de garotos que se perdem dentro de uma caverna e utilizam seus barcos de papel para conseguirem ajuda.

Este livro me traz boas lembranças. :)





07 - O Mistério do Cinco Estrelas - Marcos Rey



Livro da coleção Vagalume, assim como Os Barcos de Papel.

O Mistério do Cinco Estrelas conta a história de Léo, um garoto que trabalha em um hotel cinco estrelas e se vê em meio ao misterioso assassinato de um hóspede.

Estou me perguntando se foi esse livro que despertou meu interesse por histórias policiais. É bem capaz...




08 - Dom Casmurro - Machado de Assis


Quem não conhece Capitu e Bentinho, não é mesmo?

Eu adoro essa história e gosto muito mais da dúvida que paira na mente de qualquer um sobre o verdadeiro comportamento de Capitu.

Afinal, ela traiu ou não traiu Bentinho? É a pergunta que jamais calará...






09 - Pássaro Contra a Vidraça - Giselda Laporta Nicolelis


Eu li esse livro há muitos anos, enquanto eu estava na escola. Naquela época (frase de velho) eu gostei tanto dessa história! O que talvez não acontecesse hoje porque, acredito eu, que meus conhecimentos sobre o assunto (drogas) não sejam mais tão superficiais quanto eram.

Não que eu seja expert no baseadinho. Nada disso. Mas enfim... Hoje em dia, talvez o livro não me cativasse tanto. Mas ele foi muito impactante pra mim no momento em que o li e é por isso que ele aparece no meu Top 10.


10 - A Marca de Uma Lágrima - Pedro Bandeira



Mais um dos livros que li na infância. A Marca de Uma Lágrima conta a história de um amor adolescente e traz inúmeros versos que são escritos pela personagem principal, Isabel.









Este foi meu Top 10 nacional. Gostaram picolés?

Que tal ver os Top 10 dos outros membros da Equipe mais-maravilhosa-do-universo Fire?

Top 10 da Bia - A Culpa é dos Leitores
Top 10 da Fer - Mato por Livros
Top 10 do Paulo - Estante Jovem

Essa postagem conclui o Duelo de Titãs #04 e já estou sentindo cheiro de vitória no ar.

#AVANTEFIRE
O Blog Whoisllara.com está completando 01 aninho de vida! o/
E para comemorar, preparamos um super sorteio pra vocês!




Serão sorteados 3 kits compostos por livros, marcadores e mimos. 


Informações e Regras:

- O Período de inscrição será do dia 19/09 à 19/11.
- Ter endereço de entrega no Brasil

- O sorteio terá três ganhadores sendo um para cada kit.
- Os ganhadores receberão um e-mail e terão 72 horas para entrar em contato. Caso não haja contato dentro deste prazo, será realizado um novo sorteio.
- Os prêmios serão enviados no prazo de até 30 dias.
- Cada Blog será responsável para enviar seus prêmios, por isso os prêmios chegarão em datas diferentes.

- O sorteio será feito pelo Rafflecopter
 - Não nos responsabilizamos por extravio dos correios e endereços incorretos.
- O resultado será divulgado em até 7 dias após o término das inscrições.
- TODAS as entradas para cada kit são obrigatórias.


KIT 1:

Livros: Ciclo do Dragão,  P.S. Eu Te Amo e Extraordinário  +  Marcadores + Adesivos 
    

a Rafflecopter giveaway


KIT 2:

Livros: Extraordinário, O Menino dos Fantoches de Varsóvia + Marcadores + Adesivos 
   

a Rafflecopter giveaway

KIT 3:

Livros: Extraordinário, Se Eu Ficar, Princesa Adormecida + Mimos 
      

a Rafflecopter giveaway


Título: Os Garotos Corvos (Vol. 1 - A Saga dos Corvos)
Título Original: The Raven Boys 
Autora: Maggie Stiefvater
Nº de Páginas: 376
Editora: Verus
Nota: 5/5








A história se passa em Henrietta, Virginia, onde Blue vive com sua família de mulheres médiuns. Blue não tem o poder da clarividência mas em compensação tem uma energia intensa que faz com que as previsões de sua mãe e suas tias sejam mais claras quando ela está por perto.

Gansey é um jovem estudante da Academia Aglionby, uma conceituada (e caríssima) escola só para garotos.

Os destinos de Blue e Gansey ficam diretamente ligados quando ela vê o espírito do rapaz dentre as pessoas que morrerão nos próximos 12 meses.

— Existem apenas duas razões para uma não vidente ver um espírito na véspera do Dia de São Marcos, Blue. Ou você é o verdadeiro amor dele — disse Neeve —, ou você o matou.

O corpo de Owen Glendower, um antigo rei Galês está enterrado no caminho das Linhas Ley (linhas de energia que ligam certos lugares do mundo). Acredita-se que o rei não está exatamente morto mas sim num sono profundo e quem acordá-lo terá um favor concedido.

O grande objetivo de Gansey é encontrar Glendower. Nesta busca, ele conta com a ajuda de outros estudantes da Aglionby e todos eles vestem o tradicional uniforme que traz um corvo estampado no peito; Todos eles são Garotos Corvos.

São eles:

Adam Parrish - Muito inteligente, com ideias muito próximas às de Gansey. Ele não é um típico estudante de Aglionby, já que ao contrário dos outros rapazes, sua condição financeira é péssima e ele precisa trabalhar muito para pagar a anuidade da escola. A riqueza ao seu redor e o desperdício de dinheiro o deixam incomodado.

Ronan Lynch - Nunca superou a visão do corpo do pai, golpeado na cabeça até a morte com uma chave de roda. Como se não bastasse isso, sem nenhuma explicação, Ronan e os irmãos, Matthew e Declan, foram expulsos da propriedade da família por meio de testamento deixado pelo pai. Desde então, Ronan mora com Gansey, que faz de tudo para que o amigo leve os estudos a sério. O que é difícil para Ronan, já que ele não consegue dormir e isso faz com que ele tenha sérios problemas de concentração e mal-humor e deixe as responsabilidades de lado. Atitude que deixa o irmão mais velho, Declan, furioso e motivo pelo qual os dois têm brigas sérias.

Noah - Ao contrário de Gansey e Ronan, Noah está sempre com a aparência de alguém sujo e desleixado. Ele é o mais quieto dos Garotos Corvos mas nada está fora de sua percepção.

... os garotos pareciam agir como uma unidade, uma única entidade com múltiplas cabeças. Ver qualquer um deles sem a presença dos outros parecia um pouco... perigoso.



O livro é narrado em terceira pessoa pelo ponto de vista dos personagens principais, exceto Ronan e Noah. A escrita da autora é maravilhosa. Sério. Parece que ela entende todas as possíveis dúvidas que podem surgir na sua mente e vai esclarecendo tudo aos poucos.

No início a leitura pode ser um pouco complicada porque o leitor não está à vontade com todos os personagens e fatos apresentados. E então, pra piorar, surge esse negócio de Linhas Ley e você se pergunta "que p**** é essa de Linha Ley???", mas confie em mim, essa sensação dura pouco. Mesmo porque, o Google pode fazer um ótimo trabalho te ajudando a entender as Linhas, e logo você será envolvido pela história e pela busca quase obsessiva de Gansey por Glendower.

Quem lê a sinopse pode pensar que a história gira em torno de Blue e sua maldição de não poder beijar o amor de sua vida, mas romance não é foco desse primeiro livro. Quem se destaca mesmo, assim como o título sugere, são eles: Os Garotos Corvos. Ai ai, os Garotos Corvos... Eu devia ter vergonha de me apaixonar por adolescentes, né? Mas fazer o quê?

Isso não significa que Blue não seja importante, afinal ela é fundamental no desenrolar da história e acaba entrando na busca pelo rei adormecido.

Antes de ler, eu imaginava que esta fosse apenas uma história misteriosa, mas não é só isso. O livro está cheio de magia e é impossível não se deixar contagiar por esta mistura de fantasia sobrenatural com história teoricamente verdadeira.

Enfim, por mais que eu escreva, não saberei explicar tamanha qualidade contida no livro porque isso é uma coisa que você precisa ver com seus próprios olhos.



Topo